18
Jan 12

 

 

 

Os OAT shoes são um tipo de calçado biodegradável cujo conceito nasceu na Holanda e que, quando enterrados demoram seis meses a degradaram-se. No âmbito dos cinco passos do marketing sustentável propostos por OTTMAN, é possível analisar a transparência, a garantia ecológica, o preço e o envolvimento do cliente

 

Transparência

O fabricante promove a existência de sementes de flores no seu produto e refere também o impacto dos atributos ecológicos pois através de uma entidade externa, foi aferido que os ténis poupam 99% de água e 60% de CO2 comparando com sapatos tradicionais. Para além do mais explica porque é que os sapatos não tem a certificação cradle-to-cradle (referencial de análise do ciclo de vida do produto numa perspetiva de mimetizar os ciclos naturais) e pretende ainda ter fornecedores europeus para as suas matérias-primas.

 

Garantia ecológica

Apesar de os sapatos serem biodegradáveis, cumprem a sua função de calçado e podem ser expostos à chuva, andar na lama pois apenas quando enterrados é que se degradam.

 

Preço

Em termos objetivos o preço (€140-€200) está dentro do intervalo de ténis encontrados no nikeid (€115-€175)

 

Envolvimento do cliente

Há pontos em que o fabricante ainda reconhece que necessita de melhorar nomeadamente a nível dos materiais utilizados como a cola, ou a fixação de cores, para tal estão abertos às opiniões do consumidor.

 

Limitações da análise de preço:

  1. Apenas uma marca
  2. Segmentos distintos (os ténis nikeid são para a prática de desporto)
  3. A amostra incide apenas em cinco produtos entre o mais de um milhão de sapatos disponíveis

 

Fontes:

http://www.oatshoes.com/

http://www.oatshoes.com/wp-content/uploads/2011/04/20110405-OATInfo.pdf

http://en.wikipedia.org/wiki/Cradle-to-cradle_design

nikeid.com

 

 

Por Daniel Souza

publicado por greentalks às 22:45

Bom exemplo e boa análise!
Carolina Afonso a 19 de Janeiro de 2012 às 09:27

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



29


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO