19
Jan 12

Na sequência do projecto proposto, no âmbito da Pós-Graduação Gestão de Sustentabilidade, deixo-vos mais um exemplo de um projecto de sustentabilidade numa Universidade.

 

A Universidade de Aveiro, conhecida pelo pioneirismo em diversas áreas de investigação, está a desenvolver um projecto na área do ambiente e da sustentabilidade.

 

Debruçado sobre a Ria de Aveiro, uma das principais zonas húmidas portuguesas, o campus da UA constitui um excelente espaço para aves migratórias, sendo frequentado regularmente por várias espécies de aves, algumas protegidas e, também por isso visitado por fotógrafos da natureza, de tal modo que esta biodiversidade  justificou a publicação de um atlas de aves nidificantes do campus.

 

 

Neste sentido foi constituído, no âmbito do projecto Campus Exemplar, um grupo de trabalho para as áreas do Solo, Ecossistemas Naturais, Paisagem e Património que procura definir acções e acompanhar a evolução do campus em termos ambientais, paisagísticos e de defesa da biodiversidade.

 

A vertente mais avançada do Campus Exemplar relaciona-se com o que se poderá designar como eficiência energética, racionalização dos recursos, controlo dos consumos e certificação.

 

O Campus Exemplar contempla nove projectos e dois sistemas inovadores. Os sistemas inovadores são: o cartão único, que permite o registo magnético de assiduidade e de entradas e saídas de cada edifício, ao qual se associa outro sistema inovador que permite a gestão do funcionamento dos equipamentos (iluminação, aquecimento e outros) sem intervenção humana e o controlo remoto dos consumos. Os novos edifícios constituem uma
oportunidade soberana para introduzir critérios de eficiência energética, facilitando o processo de certificação que a UA pretende aplicar a todos os
seus edifícios no âmbito do protocolo estabelecido com a Galp e que envolve os departamentos de Engenharia Civil e de Mecânica.

 

Nos edifícios em que se está a actuar, haverá, a breve trecho, planos de intervenção e monitorização e o objectivo é ter um plano para cada edifício do campus, passando a haver noção clara das características e necessidades em cada caso.

 

Formação e investigação para a sustentabilidade

Estas experiências da UA, ao nível dos novos edifícios, que envolveram o contacto com especialistas internacionais, impulsionaram a criação de um grupo de investigação na área do aproveitamento de energia geotérmica e biotérmica. Na formação e investigação da UA pontificam ainda, para além da Licenciatura em Engenharia do Ambiente, um Curso de Formação Avançada (CFA) em Eficiência Energética e Energias Renováveis, um Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis, e Doutoramentos em Sistemas Energéticos e Alterações Climáticas e em Ciências e Engenharia do Ambiente. Sem
prejuízo de outros projectos que se possam enquadrar directa ou indirectamente no tema da sustentabilidade, da investigação nesta área destacam-se: o Centro de Estudos do Ambiente e do Mar – laboratório associado – que dispõe dos grupos de investigação em “Química Analítica e Ambiental” e “Qualidade Atmosférica”; o CICECO – com o grupo de investigação “Reciclagem de desperdícios e produtos verdes” na linha de investigação 2; o Laboratório do Departamento de Engenharia Civil da UA (labCIVIL) que contempla a área de “Sustentabilidade na construção” e a ainda a eficiência energética e hídrica nos edifícios associadas ao Departamento de Engenharia Mecânica.

 

A já longa experiência da UA na formação e investigação em ordenamento do território e nas áreas de planeamento regional, urbano, estratégico e ambiental e de avaliação de impacte ambiental estão, evidentemente, relacionadas de forma estreita com as questões de sustentabilidade e, logo, também com o Campus Exemplar.

 

Quanto à mobilidade no campus, para além de medidas a articular com a Câmara Municipal de Aveiro que ainda não estão definidas, as intervenções têm passado pela ligação entre vários parques de estacionamento no campus e pela elaboração de uma proposta de regulamento de mobilidade que se pretende concluir em 2012.

 

A UA é ainda associada da Plataforma para a Construção Sustentável, que é a entidade gestora do Cluster Habitat Sustentável em Portugal (www.centrohabitat.net).

 

 

Fontes: http://uaonline.ua.pt/detail.asp?c=22749

 

Por Isabel Ambrósio

publicado por greentalks às 15:16

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



29


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO