14
Fev 12

Eu tenho um “feeling” que a industria do tratamento de resíduos, com a diminuição de reservas minerais mundiais, vai ter um crescimento
significativo nos próximos anos.

 

E talvez fosse um bom “cluster” industrial para a Europa a par do das energias verdes.

 

Vejam esta notícia da Euronews com um filme agregado:

 

> Comissão Europeia anuncia estratégia em direção à “economia verde”

 

Há um ano, uma amiga minha, técnica superior de higiene e segurança do trabalho em construção civil, indicou-me a empresa Renascimento
como sendo exemplar em Portugal. E como estamos a estudar Sistemas de Operações Sustentáveis pode ser uma empresa a ter em conta – pelo menos já têm um sistema integrados de gestão de qualidade, ambiente e higiene e segurança no trabalho -

 

Por isso deixo aqui uma apresentação da Empresa Renascimento - http://www.renascimento.pt/pt/home.asp

 

“Queremos ser uma empresa de referência na disponibilização de recursos com valor acrescentado e em condições
competitivas para os nossos clientes e parceiros“

 

Constituída em 1995, e contando com uma equipa jovem e especializada, posiciona-se junto das mais variadas indústrias e serviços a nível nacional, actuando fundamentalmente na vertente da Gestão de Resíduos, através da disponibilização de formação ambiental junto dos nossos
clientes e de um conjunto variado de actividades e serviços, uma extensa gama de contentores, assim como um serviço de caracterização, contentorização, recolha e transporte de resíduos perigosos e não perigosos, desenvolvendo igualmente, actividade nas áreas das demolições, limpezas industriais (caixas separadores hidrocarbonetos, esgotos, lavagens tanques) e descontaminação de solos. Gestão de parques de resíduos e unidades de triagem, reciclagem e tratamento de resíduos.desenvolvimento sustentável reciclagem.

 

Feelings, wo-o-o feelings, wo-o-o, nothing more than feelings...

 

Cristina Sofia Ferreira

publicado por greentalks às 13:53

As empresas, de uma forma natural procuram soluções ecológicas, para o tratamento dos seus resíduos, seja porque conseguem dessa forma reduzir o custo de tratamento, e conseguem encaminhar os resíduos para uma forma de tratamento sustentável, e não necessitando assim os encaminhar para operadores que os colocam em aterros como RSU ou como resíduos urbanos biodegradáveis (RUB)

A Recompostos, S.A , se destaca-se na área do tratamento, possui de um Parque de tratamento de resíduos industriais, e recentemente de um centro de compostagem, a sua actividade centra-se não só no tratamento como na recolha de resíduos a nível nacional


http://www.recompostos.pt
Vitor a 24 de Fevereiro de 2013 às 10:07

Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
17

22

29


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO