13
Jan 13

 


É da casca do sobreiro (Quercus suber) que se extrai a cortiça para fazer rolhas. Um item cada vez mais difícil de ser produzido, mas não sou eu brasileiro fazendo um post em um blog de portugal que vou querer explicar toda essa dificuldade e importância das rolhas...


Falando sobre o projeto que foi pensado pelo artista inglês (Alkesh Parmar) baseado na quantidade de rolhas descartadas que ele encontrava nos bares londrinos e baseado nessa inspiração nasceu  a Celebration Chandelier, uma linha de luminárias feitas de rolhas descartadas.

 

Após perfurar uma a uma e instalar as pequenas lampadas ele as une e assim obtem peças únicas.

 

 

 

 

 

 

Fabio Magalhães

publicado por greentalks às 20:06

A cortiça é uma material com excelentes capacidades, mas, infelizmente, ainda é caro.
Porque será que ainda não se lembraram do "cortição" para recolha de rolhas de cortiça a nível municipal, tal como acontece em alguns pontos de venda de vinho? Poderia ser que se conseguisse baixar o preço da matéria-prima e usá-la para a integração em mais produtos. Eu comprava! :)
Liliana Pereira a 14 de Janeiro de 2013 às 15:03

Diria que para lá caminhamos.

O projecto Green Cork, lançado pela Quercus, que promove a reciclagem de cortiça, apresenta nas possibilidades para recolha de rolhas o envolvimento das autarquias através de contentores a disponibilizar junto dos ecoponto.

O objectivo deste projecto é aumentar e alargar o programa de recolha de rolhas de cortiça envolvendo entidades públicas e privadas.

Aqui fica o link para mais informações: http://www.greencork.org.

Sofia Sousa
greentalks a 20 de Janeiro de 2013 às 16:19

Felizmente Portugal já está a despertar para as propriedades e singularidades da cortiça em aplicações não convencionais: http://www.artelusa.pt/index.php?lang=pt! Têm artigos originais, criativos e made in Portugal. Sugiro que dêem uma vista de olhos ao site da Arte Lusa e fiquem rendidos!

Margarida Boavida Ferreira
greentalks a 16 de Janeiro de 2013 às 19:28

A cortiça tem imensas potencialidades a explorar e a apresentar e como tal convido-vos a visitar o Ribatejo e a aparecer na Ficor - Feira Internacional da Cortiça em meados de Maio. É um dia bem passado :)
Helena Gameiro a 19 de Janeiro de 2013 às 17:01

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14

22
26

28
29
30


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO