31
Jan 13

Partilho convosco a notícia que li relacionada com a invenção de painéis fotovoltaicos autocolantes. Um grupo de engenheiros da Universidade de Stanford, nos EUA, desenvolveu uma tecnologia que permite criar painéis solares finos, flexíveis e autocolantes que se podem colar em qualquer superfície, “desde simples cartões-de-visita a janelas”. Parece-me que esta invenção poderá revolucionar (e generalizar) a geração de energia fotovoltaica, uma vez que até à data a utilização de painéis fotovoltaicos era condicionada pela sua rigidez e impossibilidade de adaptação em determinadas circunstâncias de suporte / superfícies.

Segundo o artigo, e para produzir estes autocolantes fotovoltaicos, os engenheiros criam uma espécie de sandes feita de silicone, dióxido de silicone e metal. Para isso, colocam primeiro uma película de níquel sobre uma bolacha com duas camadas de silicone. Uma fina película com células solares é, depois, depositada na camada de níquel e coberta com um filme protetor. Por fim, os investigadores colocam uma fita térmica sobre a película de células fotovoltaicas, para poderem fazer a sua transferência para outras superfícies.

Aguardemos pelo desenvolvimento desta técnica, na esperança que a mesma possa corresponder ao referido no comunicado, nomeadamente “a sua comercialização será muito simples e de baixo custo”. A ver vamos…

Deixo o link para quem queira ler a notícia e/ou o comunicado da Universidade de Stanford.

 

http://boasnoticias.clix.pt/mobile/noticias.php?id=14269

 

Por: Victor Coelho

publicado por greentalks às 11:34

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14

22
26

28
29
30


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO