21
Fev 12

 

O European Green Capital Award é uma iniciativa da Comissão Europeia para premiar  as iniciativas por parte das cidades europeias que tem alto níveis de desempenho ambiental, tem metas ambiciosas de melhoria ambiental e desenvolvimento sustentável e que assim sirvam de exemplo a futuras premiadas.

 

2010 – Estocolmo

2011 – Hamburgo

2012 – Vitoria-Gasteiz

2013 – Nantes

2014 – ?

2015 – Lisboa? (soltem as iniciativas aqui)

 

Para saberem também de iniciativas em Portugal passem pela Urbaverde na Exponor entre os dias 12 a 14 de Abril (mais)

 

Vitoria-Gasteiz A premiada de 2012

 

 

Por Daniel Souza

* escrito de acordo com o Novo Acordo Ortográfico *

 

Fontes:

A fresh look at the best of Spain, Monocle 51(06) March 2012

http://ec.europa.eu/environment/europeangreencapital/index_en.htm

publicado por greentalks às 23:29

09
Jan 12

Nos últimos tempos tenho-me interessado por desenvolvimento comunitário com base no modelo do triple botton line.

 

Não é um tema novo. Nasceu em 1992 na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento
no Rio de Janeiro com o nome de AGENDA 21 - http://www.agenda21local.info/ -. Desde então este programa tem evoluído com altos e baixos.

 

Interessa-me particularmente conhecer e analisar modelos de governança local e académica utilizando o método botton–up, como peça base para o desenvolvimento de modelos de cidadania sustentável e de desenvolvimento comunitário partilhado e responsável.

 

O ano passado fiquei conhecer um modelo português, o FMI – Fundo do Mindelo para a Inovação - e o caso europeu das Humam cities - http://www.humancities.eu/en - que me parecem modelos de governança local muito interessantes e que tenho estado a analisar.

 

Mais recentemente fiquei a conhecer o Programa Cidades Sustentáveis do Brasil onde este ano se realizam eleições municipais.

 

A sustentabilidade tem desde os anos 90 sido tratada num modelo top down, primeiro por instituições internacionais como a ONU ou transversais como as empresas. Mas questiono-me se a população no seu geral, está alerta e consciente deste tema, das suas causas e implicações.

 

Para o sucesso do paradigma da sustentabilidade é necessário envolver todas as camadas sociais; creio que o cidadão comum ainda não está suficientemente consciente dos conceitos e modelos inerentes ao desenvolvimento sustentável, o qu eo limita nas tomadas de decisão.

 

Num período civilizacional tão instável e cheios de incertezas do ponto de vista económico e social, é chegado o momento de investir na capacitação da população para lidar com este paradigma.

 

Este ano vai realizar-se uma nova Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, também no Rio de Janeiro - http://www.uncsd2012.org/rio20/- com dois grandes eixos:

 

- Economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e erradicação da pobreza

- Estruturas institucionais para o desenvolvimento sustentável, ou seja sistemas de governança a nível global, nacional e regional.

 

O sucesso e resultados desta cimeira serão cruciais para o desenvolvimento sustentável, questiono-me se não é chegado o momento do termo "Desenvolvimento Sustentável" se tornar numa buzzword e envolver o cidadão.

 

Cristina Sofia Ferreira

 

publicado por greentalks às 16:20

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO