10
Jan 13

A próposito da observação da Liliana lembrei-me da campanha de marketing de apresentação do Skip Pequeno e Poderoso e dei por mim a perguntar-me...

 

Se o futuro é dos pequeninos como é que nós humanos tendemos a preferir todo o que é grande, vejamos só a evolução dos nossos padrões de consumo... os carros, as casas, os roupeiros e o que mais se lembrarem...

 

Fomos ensinados que as pessoas bem-sucedidas são aquelas que mais consomem... Não acham?

 

Nas palavras de José Saramago que muito admiro:

 

"Introduziu-se nas nossas mentes essa ideia nova de que, se não consumirmos, são somos nada. Se não consumirmos, não somos ninguém. E somos na medida em que formos capazes de consumir. A partir do momento em que o ser humano se vê a si mesmo como um consumidor, todas as suas capacidades diminuem, porque todas vão ser postas ao serviço de uma maior possibilidade de consumir" 

 

 

A partir dai começei a pensar, se o futuro é dos pequeninos como é que estamos a educar as nossas crianças e jovens...

 

E voltei a lembrar-me de Saramago, numa citação entre muitas que podem encontrar na Biblioteca Municipal Galveias e que diz:

 

"A Humanidade nunca foi educada para a paz, mas sim para a guerra e para o conflito. O "outro" é sempre potencialmente o inimigo. Levamos milhares e milhares de anos nisto. Sempre fomos educados para a guerra, nunca para a paz".

 

 

A boa notícia é que,hoje,  existem boas práticas que propõem uma educação com uma visão integrada de sustentabilidade.

 

Convido-vos a conhecer Jonh Hardy,

 

Grata pela atenção disponibilizada.

 

Helena Gameiro

 

http://www.ted.com/talks/john_hardy_my_green_school_dream.html

publicado por greentalks às 15:36

13
Fev 12

Um exemplo de Eficácia Percebida

 

Já diz o ditado: “Ver para crer”. Esta é mesmo a melhor forma para termos consciência das nossas ações.

 

É um exemplo da aplicação do conceito de Eficácia Percebida que vos quero mostrar hoje.

 

Quem nunca jogou um dia uma pontinha de lixo no mar que atire a primeira pedra. E foi a pensar na consciência ou inconsciência das pessoas que o fazem que a Surfrider Foundation Brasil criou a campanha “Devolução”.

 

Imaginem agora começarem a receber no correio pedaços de lixo dentro de uma caixa, com o vosso nome no remetente. Quem se iria lembrar de enviar-vos lixo e porquê?

 

Vejam este vídeo e encontrem a resposta! :)

 

 

Bela campanha esta! Foram 10 mil os brasileiros que receberam caixas cheias de lixo recolhido nas praias do Rio de Janeiro, com a seguinte mensagem: “O lixo jogado no mar um dia volta. Pra todo mundo.” Se calhar, muitos deles nunca tinham colocado lixo na praia, mas sensibilizar e educar, aqui, é a palavra de ordem. Pois mesmo quem nunca jogou lixo na praia, um dia poderá sofrer com as suas consequências.

 

De referir que a ação foi também realizada em bares da cidade do Rio de Janeiro.

 

Com campanhas como esta, com certeza, vamos passar a perceber os efeitos das nossas ações com maior eficácia. Venham elas!

 

Por: Cátia Henriques

publicado por greentalks às 14:30

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO