16
Jan 12

Andava eu a passear por este universo fantástico que é a internet quando me deparei com... isto:

 

Solar Decathlon!!!


E no que consiste o Solar Decathlon? – pergunta o caro leitor.


Ao que eu respondo:
- Não, não se trata de uma qualquer prova maluca de cariz desportivo...=)

 

O Solar Decathlon consiste basicamente num desafio internacional lançado a universidades no sentido de apelar à investigação e desenvolvimento de casas energeticamente eficientes. Pretende-se que as equipas participantes concebam e construam uma casa baseada nas seguintes premissas:

 

  • Preço de construção acessível;
  • Dispêndio da menor quantidade possível de recursos naturais;
  • Produção da menor quantidade possível de resíduos no decorrer do seu ciclo de vida;
  • Redução de consumo de energia a valores minimos e, last but not the least, toda a energia necessária ao seu bom funcionamento tem de ser obrigatoriamente de origem solar.


Coisa fácil não é?! =)


E se eu vos disser que além destes pequenos pormenores, a casa terá de ser fisicamente construída na sua totalidade em 10 dias (daí o “decathlon”) no local onde se irá realizar a prova?! Ah pois é! Estes senhores não brincam em serviço!


Historicamente, este desafio foi lançado pela primeira vez nos Estados Unidos em 2002 pelo U.S. Department of Energy. Em 2010, e no seguimento da participação da Universidad Politécnica de Madrid nas várias edições do concurso, foram celebrados acordos governamentais entre os EUA e Espanha que permitiram a concretização deste concurso em solo europeu: Solar Decathlon Europe. Acordos semelhantes levaram à criação do Solar Decathlon China.
A edição de 2012 conta com a participação de diversos países, entre os quais, o nosso caríssimo “rectângulo à beira-mar plantado”. Sendo que as cores da selecção serão defendidas pela equipa da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (Vai uma onda à FAUP?! Owwwooooo!!)

Apesar de ter procurado de forma intensa, não consegui encontrar um vídeo que apresentasse o projecto de Portugal... =(

Mas, fear not! Deixo-vos aqui a apresentação de um outro projecto que também está a concurso e pelo qual tenho um carinho especial, o PRISPA da Universitatea de Arhitectură şi Urbanism Ion Mincu.


Tcharan:

 

Até breve.

 

Joana Godinho Santos

publicado por greentalks às 21:01

15
Jan 12

A Plataforma para o Crescimento Sustentável (PCS) é uma associação independente, sem filiação partidária e sem fins lucrativos.Assume-se como um instrumento de reflexão e intervenção cívicas na área das políticas públicas para o desenvolvimento sustentável.


Esta Plataforma tem como Missão dar um contributo para a afirmação de um modelo de crescimento sustentável do ponto de vista económico, social e ambiental, num quadro de ampla participação pública e de articulação com centros de I&D nacionais e think tanks internacionais. 

 

Pretende contribuir activamente para o aprofundamento da construção europeia, para a capacitação dos países em vias de desenvolvimento e para a promoçãode uma globalização inclusiva e sustentável.

 


Perante esta Missão, a PCS ambiciona responder para Portugal os seguintes desafios:

 

 

 

  1. Levar a Democracia mais longe
  2. Afirmar uma sociedade de valores e de consciências
  3. Dar mais liberdade aos cidadãos, com menos influência do Estado
  4. Promover adequadamente a flexibilidade e a segurança no trabalho
  5. Valorizar o conhecimento e a cultura empreendedora
  6. Apostar uma nova carteira de actividades económicas
  7. Fomentar uma economia verde
  8. Estabelecer um novo modelo territorial
  9. Assegurar uma Justiça célere e eficaz
  10. Tornar Portugal activo nos desafios globais

 

 

Estes desafios podem ser consultados na página da PCS,  relembro que ainda não foram apresentados resultados, pelo que se espera já alguns no primeiro semestre de 2012.

Fonte: http://www.crescimentosustentavel.org/

 

Por: Sofia Marques

publicado por greentalks às 17:57

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Sobre o Blog
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO